Cada um tem a gêmea que merece. Pra que isso Adam Sandler?

Nos posts anteriores falamos de filmes que provavelmente serão sucessos ou pelo menos tem cara de que irão ser bons, por isso me senti no dever de mudar um pouco isso e resolvi falar de um filme que quando assisti senti uma certa vergonha, vergonha por ter pago pra assistir um filme tão ruim, mas principalmente vergonha pelo Adam Sandler. Pois é, o mesmo Adam Sandler que por diversas vezes nos fez mijar de rir com atuações hilárias, podemos citar diversos  exemplos como: “O Paizão”, “Tratamento de Choque”, “Golpe Baixo”, “Click” enfim, vários trabalhos que deram a ele o notório titulo de um dos mais importantes nomes do atual humor no cinema.

Mas eis que surge o filme “Cada um tem a Gêmea que Merece”, não consigo entender como pode ser criado algo tão ruim, com um roteiro totalmente sem sentido e com um humor apelativo e fraco, o pior é que isto esta acontecendo em todos os recentes filmes dele, é só lembrar de “Eu vos declaro marido e Larry” ou “Zohan”, a critica dos Estados Unidos chegou a dizer que Sandler só se importava em pagar as suas contas, e não mais em participar de boas produções.

O filme traz a historia de Jack (Adam Sandler) a qual recebe a inesperada e nada agradável visita de sua irmã gêmea Jill (Sandler novamente). Inicialmente, ela passaria apenas o dia de ação de graças com a família do irmão, mas, conforme os dias seguem, ela vai ficando muito mais tempo que o esperado. Para dar uma mãozinha para a irmã irritante e encalhada, Jack e sua família resolvem ajudá-la a arranjar um namorado. É ai que a merda realmente acontece, o cara que eles encontram pra ser o namorado dela é simplesmente o Al Pacino, que na historia interpreta o próprio Al Pacino. Porra! Nem um caminhão de dinheiro justifica um ator que já foi astro de “O Poderoso Chefão” e “Scarface” atuar em um filme desses, chega a ser revoltante.

Anúncios

Sobre blogicine

Viciado em cinema, como qualquer pessoa normal.

Publicado em 19/04/2012, em Análises. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Marcos Stamm

    Concordo, esse filme é péssimo.
    Mas discordo quanto a Zohan e “Eu vos declaro marido e Larry”.
    Marido e Larry achei razoável, dei algumas risadas.
    Agora Zohan, não sei se é pq tenho um humor imbecil (ex: adoro Panico na Band – salvo a raspada de cabelo -, acho o programa mto mais engraçado que CQC), mas aachei Zohan sensacional, poucas vezes ri tanto assistindo um filme.
    Abraço e mto bom o blog.

    • Eae Marcos… Obrigado pela visita e ficamos felizes que tenha gostado do Blog!
      Mas cara, acho que o Adam Sandler tem potencial pra muito mais do que ele vem fazendo ultimamente…
      Abraço.

  1. Pingback: “Este é meu garoto”… A nova comedia de Adam Sandler « ICine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: